Terça-feira, 10 de Agosto de 2010

Chamam-lhe "Noddy"...

…entre outros mimos!

 

Admito que fui um dos que ficaram preocupados depois do Torneio de Paris, e em particular, após presenciar o jogo com o Bordéus, ainda que dando um desconto à ausência nesse jogo, julgava eu, de muitíssimos titulares. 

 

No entanto, apesar de manter o 4-3-3 jesualdiano, o FC Porto jogou bem na Supertaça Cândido Oliveira, e deu para perceber que sendo a mesma a disposição táctica, o modelo de jogo é bem mais dinâmico que o do prof.. 

 

Aliás, essa é a diferença que se nota de caras neste FC Porto de Villas Boas. Os espartilhos da época passada, como que por magia, parecem ter desaparecido.

 

A equipa está mais solta em campo e o meio-campo, em particular, livrou-se daquele rigor táctico, quase mortis, em que os jogadores pareciam bonecos de matraquilhos, raramente abandonando as suas posições.

 

A magia, neste caso, tem claramente um rosto e um nome, e desta vez o mágico não dá pelo nome de Deco, mas sim de João Moutinho. A mobilidade agora descoberta pelo meio-campo é imagem de marca do ex-leão.

  

 

Um jogo oficial disputado com a camisola do FC Porto, um troféu conquistado.

Para média, não está mal! É só continuar...

 

No sábado passado, por mais de uma vez vi, quando o adversário colocava a bola num dos flancos (mais o direito, no caso), os centrocampistas (Moutinho, Beluschi e Fernando), a flectirem nesse sentido, encurralando, com o apoio do extremo desse lado, o portador da bola.

 

E o mesmo, quando em posse de bola, na saída para o ataque, criando supremacia numérica sobre o adversário.

 

Ou seja, exactamente a mesma coisa que vi fazer o Sporting de Paulo Bento, na Supertaça Cândido de Oliveira de 2008/2009, o último jogo do FC Porto que tive a oportunidade de presenciar ao vivo, e em que fomos derrotados. 

 

O Sporting jogava então em losango, e o João Moutinho, o Izmailov, o Derlei, e o Rochembach, deram cabo do juízo do Lucho, que, lá está, por causa da malfadada rigidez táctica do professor, teve que se haver, juntamente com o Sapunaru, com aquele emaranhado de gente.

 

Com um meio-campo assim, a defesa fica menos exposta, porque as dificuldades do adversário em criar jogo são evidentes, e os médios, os extremos e os avançados contrários deixam de conseguir, com tanta facilidade, aparecer embalados de trás. 

 

Por outro lado, o ataque pode deixar de (sobre)viver de “transições rápidas”.

 

Na Supertaça a pressão ofensiva foi contínua e (im)pressionante. O Varela esteve endiabrado, haja força para continuar assim. E se não houver, é para isso que estão lá os outros extremos, n’est pas? Para manter ritmos elevados através da rotatividade, em vez de marcar e recuar, como num passado recente. 

 

Percebo agora que aquilo era possível “naquele” Sporting, porque morava lá o João Moutinho. Também percebi que, caso o Raúl Meireles venha mesmo a sair, ficamos a ganhar com a troca. 

 

O Moutinho é claramente mais jogador de futebol que o Meireles. É futebol da cabeça aos pés. Tudo aquilo que faz é pensado, e normalmente pensa e faz bem. 

 

O Raúl Meireles, que não fique dúvida nenhuma, é também um excelente jogador, mas o seu futebol é feito mais à base de nervo, mais físico, ainda que não seja um portento nesse aspecto. 

 

De vez em quando, lá lampeja um rasgo de génio, e sai um ou outro passe extraordinário.

 

O Moutinho é constância, o Meireles é o momento. O que era óptimo era que ficassem ambos na equipa.

 

 


Nota: finalmente consigo ver algum interesse nesta música…

 

sinto-me:
música: Leãozinho - Caetano Veloso
publicado por Alex F às 23:31
link do post | comentar | favorito
|

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Quando uma coisa é uma co...

. O acordo necessário e a n...

. No limiar da perfeição

. In memoriam

. FC Porto 2016/2017 - Take...

. A quimera táctica do FC P...

. No news is bad news, (som...

. Poker de candidatos

. A anormalidade normal

. Ser ou não ser, um apelo ...

.Facebook

.Let's tweet again!

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds