Sexta-feira, 26 de Novembro de 2010

Uma mão lava a outra (actualizado)

À atenção dos “avista-fretes” que por aí pastam:

 

O clube nacional onde o Director do Sporting para o futebol obteve maior destaque, sem desprimor para o Nacional da Madeira, Machico e Oriental, foi no FC Porto.

 

O treinador-adjunto Nuno Valente, idem.

 

O Nuno André Coelho fez a maior parte da sua formação no FC Porto.

 

O Evaldo, quando veio para Portugal, num daqueles carregamentos de brasileiros, que o António Araújo para cá trazia por atacado, foi para o FC Porto.

 

O clube português onde o Pedro Mendes teve maior notoriedade, apesar de por lá ter estado somente uma época, foi o FC Porto.

 

O Maniche, sportinguista desde pequenino, e papoila de (de)formação, já afirmou que tem o FC Porto no coração.

 

Quanto ao Hélder Postiga, penso que não há qualquer dúvida.

 

Ao longo das épocas, daquelas que me lembro, porque as presenciei, foram vários os jogadores oriundos das Antas ou do Dragão, que prosseguiram ou foram terminar as suas carreiras a Alvalade.

 

O Gabriel, com muita pena minha, porque era um dos meus favoritos na altura, e o Romeu, são os primeiros de que me lembro. O Jaime Pacheco e o Sousa, o Gomes, o Edmilson, o Bino, e mais recentemente, o Tonel, por exemplo.

 

Em sentido inverso, recordo-me do Eurico e do Inácio, do Futre, do Secretário e de um dos vários Cananas, que tendo feito parte da sua formação no Sporting, foram ainda jovens para as Antas.

 

Do Quaresma, com passagem intermédia por Barcelona, do Diogo Viana, do Silvestre Varela e, o mais recente e mediático de todos eles, o João Moutinho.     

 

Nos treinadores, a transitar do FC para o Sporting, ainda que com paragens noutros sítios de permeio, lembro-me do António Morais, ex-adjunto de Pedroto, do José Alberto Costa, que foi para Alvalade como adjunto, não me lembro de quem, e que acabou por fazer uma perninha como treinador principal, por uns tempos, do Augusto Inácio, ex-adjunto do Mister Robson e do Fernando Santos.

 

Para o outro lado, o Bobby Robson, se não me engano foi o único.

 

Regra geral, os que deixaram os ares da capital tiveram mais sucesso do que os que fizeram o contrário. As excepções serão o Augusto Inácio, nos treinadores, e o Edmilson e o Bino. De resto…

 

No FC Porto, quase todos os que para lá mudaram terão sido campeões. A excepção, de entre aqueles que apontei, será o Canana. Até o Diogo Viana já foi campeão, e o Varela vai ser.

 

Portanto, desde sensivelmente os finais dos anos setenta, têm havido algumas movimentações de jogadores entre os dois emblemas que se vão defrontar amanhã.

 

Neste momento, estão do lado sportinguista, grosso modo, cinco jogadores com passado portista, e mais um treinador-adjunto e o director do futebol, e do outro lado, dois jogadores oriundos da famosa Academia de Alcochete.

 

E não são quaisquer dois jogadores. Um é o pilar do nosso meio-campo, e o outro, umas vezes desequilibra, e outras, desequilibra-se, e marca golões, como o de Coimbra.

 

Será que os “avista-fretes” da nossa praça já matutaram sobre este assunto? Estarão os jogadores sportinguistas que representaram o FC Porto, em condições psicológicas ideais para alinhar neste desafio?      

 

Ou a questão só se coloca no caso dos jogadores emprestados? Se quiserem uma história bonita para entreter, tomem lá o tomem lá o Manaca. Lembram-se dele? Aí sim, foi um frete a sério…

 

 

  

No, entretanto, entre trocas e baldrocas cá para lá, e vice-versa, é como se costuma dizer: “Uma mão lava a outra”.

 

… e as duas (com os respectivos braços), fazem um manguito aos “avista-fretes”!

 


Nota (actualização): Acabei agora mesmo no "Mais Futebol" que me esqueci do Beto. É mais um para juntar à lista dos formados em Alvalade...

 

sinto-me:
música: Cat's in the cradle - Ugly Kid Joe
publicado por Alex F às 18:22
link do post | comentar | favorito
|

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Quando uma coisa é uma co...

. O acordo necessário e a n...

. No limiar da perfeição

. In memoriam

. FC Porto 2016/2017 - Take...

. A quimera táctica do FC P...

. No news is bad news, (som...

. Poker de candidatos

. A anormalidade normal

. Ser ou não ser, um apelo ...

.Facebook

.Let's tweet again!

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds