Terça-feira, 11 de Janeiro de 2011

É do aquecimento global

Quando chegámos à pausa da quadra natalícia, e nada, achei estranho.

 

 

 

 

Agora, chegámos ao final da primeira volta, e ainda, nada. Mais estranho ainda achei.

  

 

 

 

Intrigado, resolvi investigar. Depois de uma aturada pesquisa pelos arquivos de alguns blogs, em particular do "Bibó Porto, Carago!!", confirmei as minhas piores suspeitas:

 

Nas últimas duas épocas, não houve campeão de Inverno!

 

Pelo menos com direito a referência de primeira página.

 

Pois é. Aparentemente, a última vez que tal aconteceu foi na época 2008-2009. Adivinhem que foi então o campeão de Inverno, após 15 anos (!) de jejum?

  

 

 

 

Boa. É isso mesmo.

 

Esta época vai o FC Porto à frente, sem margem para qualquer dúvida.

 

 

 

Na época passada, apesar de actualmente o site da Liga de Clubes colocar o mais grande do Mundo dos arredores de Carnide, no primeiro lugar, mas em igualdade pontual com o SC Braga, convirá recordar que os bracarenses haviam vencido no confronto directo entre ambos, em Braga, por 2-0, logo, foram eles os campeões de Inverno.

 

 

 

No entanto, relembre-se que na época transacta o FC Porto jogou na Cesta do Pão a 21 de Dezembro, e o túnel, o Hulk e o Sapunaru, relegaram para segundo (terceiro, quarto...) plano o Campeão invernal.

 

O que é que se passou então com o “Campeão de Inverno 2010”?

 

Tenho várias hipóteses:

 

a)     esqueceram-se;

 

b)     finalmente criaram juízo, e chegaram à conclusão que a Liga só acaba lá para Abril/Maio, e só aí é que há, efectivamente, um campeão digno desse nome;

 

 c)     sendo o FC Porto que vai à frente, não vale a pena inventar títulos honoríficos de campeão disto e daquilo, que quando chegarmos ao fim, ainda vai ser o FC Porto que vai estar na liderança;

 

d)     foi por causa da águia Vitória, que açambarcou os noticiários;

 

e)     é do aquecimento global, que provoca Estios mais quentes e secos, e Invernos mais amenos, lançando uma tal confusão meteorológica, que não há campeão, porque já não há Inverno como dantes. As espécies animais e vegetais vêem alterados os seus ciclos vegetativos e reprodutivos, assim como na comunicação social desportiva vegetam alguns espécimes que alteram os seus ciclos reprodutores de balelas;

 

 

 

O meu voto vai claramente, para esta última hipótese.

sinto-me:
música: Some like it hot - The Power Station
publicado por Alex F às 13:44
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De penta1975 a 12 de Janeiro de 2011 às 00:56
@ Axel

g'anda post; excelente escolha musical.

abraço

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs!

Tomo I (http://www.miguel-lima.com)

Comentar post

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Quando uma coisa é uma co...

. O acordo necessário e a n...

. No limiar da perfeição

. In memoriam

. FC Porto 2016/2017 - Take...

. A quimera táctica do FC P...

. No news is bad news, (som...

. Poker de candidatos

. A anormalidade normal

. Ser ou não ser, um apelo ...

.Facebook

.Let's tweet again!

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds