Domingo, 27 de Abril de 2008

Isto irrita-me...

E pronto!

 

O FC Porto deu mais uma alegria aos seus adeptos: portistas, benfiquistas e sportinguistas!

 

E isso irrita-me! Irrita-me que depois de algumas vozes de burro virem pôr em causa o desportivismo e a seriedade da equipa do FC Porto, o Vitória de Guimarães tenha sofrido as consequências.

 

Irrita-me que, se Benfica ou Sporting, chegarem à Liga dos Campeões, tal fique eventualmente a dever-se (também) ao resultado deste jogo.

 

Mas, por outro lado, dá-me um gozo do caraças ver o FC Porto dar cinco secos ao segundo classificado da Bwin Liga, e ficar a 23 pontos de diferença. E logo num jogo que não atrasa, nem adianta nada para a sua classificação final.

 

Ainda me dá mais gozo, que estes cinco a zero, tenham sido dados por uma espécie de segunda equipa, que alguns idiotas puseram em causa que fosse capaz de representar condignamente o FC Porto.

 

Acho interessante que os treinadores do Benfica e do Sporting, levem uma época inteira, a deixar de fora das suas opções, jogadores tidos como grandes vedetas e grandes reforços, facilitando assim a vida ao FC Porto (23 pontos de vantagem!), e não sejam acusados pelos seus próprios adeptos, de falta de desportivismo.

 

Dá-me graça que rotulem o Mário Bollati, o Kazmierczk e o Lino, por exemplo, de serem apostas falhadas do FC Porto, porque não jogam, e quando os põem a jogar, ai Jesus, que vão facilitar a vida ao Guimarães.

 

Se não jogam, é porque há outros melhores, não quer dizer que eles sejam maus. São piores que os que jogam, isso é inegável, mas chegam e sobram para a grandessíma Bwin Liga.

 

Já agora, fico à espera que venham benfiquistas e sportinguistas, reclamar que a falta que antecedeu o primeiro golo do FC Porto, não existiu, que o Quaresma estava fora-de-jogo, quando arrancou para marcar o segundo golo, e que, o Ernesto Farias, estava em fora-de-jogo posicional, aquando do passe de Quaresma(1).

 

É que, desta vez, se o árbitro e os árbitros auxiliares estavam comprados, não me parece que fosse ao FC Porto que isso fizesse falta! Mas nunca se sabe, o jogo com o Estrela da Amadora também não fazia falta, e o "Apito Dourado" aí está!


(1) A Sportv, desta vez, só levou 7 minutos, para descobrir que o Quaresma estava fora-de-jogo. É claro que o árbitro (ou o árbitro auxiliar) tinham mais do que a obrigação de descortinar imediatamente a infracção.

 

Quanto ao golo do Farias, se bem me lembro, o fora-de-fogo posicional deixou de ser sancionado. Mas pode voltar a ser, só por hoje...

publicado por Alex F às 20:19
link do post | comentar | favorito
|

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Quando uma coisa é uma co...

. O acordo necessário e a n...

. No limiar da perfeição

. In memoriam

. FC Porto 2016/2017 - Take...

. A quimera táctica do FC P...

. No news is bad news, (som...

. Poker de candidatos

. A anormalidade normal

. Ser ou não ser, um apelo ...

.Facebook

.Let's tweet again!

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds