Sábado, 18 de Fevereiro de 2012

Última hora - Discriminação posicional no FC Porto x Man. City

Em memória da Cesária Évora e da Whitney Houston, espero que não se ofendam,

 

 

Numa conferência de imprensa, convocada expressamente para esse efeito, os jogadores do Manchester City, Micah Richards, Kompany, Lescott, Clichy e De Jong, anunciaram que, depois de finalmente conseguirem deslindar os relatos e notícias publicadas na imprensa desportiva portuguesa e naquela coisa chamada "Sapo Desporto", interpuseram junto da UEFA, uma segunda queixa a sobre o comportamento dos adeptos portistas no jogo que opôs as duas equipas no Dragão, na última quinta-feira à noite.

 

Reclamam aqueles jogadores de que, ao contrário do que terá acontecido com os seus colegas de equipa Yaya Touré e Balotelli, não foram, em momento algum no decurso da dita partida, invectivados com insultos racistas por parte das claques da casa, apesar de tal como os anteriores, também serem claramente pretos.

 

"Não compreendemos. Somos quase tão pretos quanto eles. Vejam o Micah. Para qualquer daltónico, passava sem espiga por um dos outros dois".

 

"Será por jogarmos em posições defensivas, e eles andarem lá pela frente a pastar?" - questionam emocionados, "Sentimo-nos humilhados e lesados na nossa dignidade racial".

 

Acrescentaram que, para preparar a defesa da sua tese, asseguraram já a contratação dos serviços de consultoria em "pretologia" do Alain e do Eusébio, confidenciando ainda que, ponderaram a hipótese de recorrer também aos préstimos do Javi Garcia, mas tiveram "receio que dissesse alguma coisa que os ofendesse", e ainda por cima, quase de certeza em portunhol arrevezado.

 

Segundo conseguimos apurar junto de fontes não oficiais, na realidade através de um português de bigode farfalhudo e farta pelagem peitoral negra, a fazer sobressair da camisa entreaberta, com três botões desabotoados, um crucifixo gigantesco em ouro maciço, ou coisa que o valha, que se encontrava no bar a tentar endrominar uma loiraça suiça boazona, na altura do coffee break, o Conselho de Disciplina, ou lá o que é da UEFA, ainda não teria chegado a uma posição inequívoca sobre o assunto.

 

Os conselheiros, depois de esgotarem o saldo dos telemóveis, que os plafonds dos cartões pré-pagos de serviço são muito curtinhos lá para aquelas bandas - não, não é por causa da troika. Os suiços é que são forretas até mais não! - e de terem interrompido uma reunião por vídeo conferência durante a tarde de hoje, para ir à matiné dos Marretas, resolveram adiar uma decisão final para a próxima semana.

 

Alegam que para decidir sobre este caso, e sobre a questão prévia que o mesmo suscita, que é a de saber se a queixa interposta é meramente pieguinhas ou absurdamente idiota, teriam de estar sob o efeito daqueles cogumelos mágicos que fazem rir. Ora, como isso lhes poderia trazer dissabores vários perante a lei, que os suiços são uns queixinhas, resta-lhes fazê-lo sob a inspiração de uma valente carraspana.

 

Assim sendo, agendaram convenientemente a derradeira e decisiva reunião para uma jantarada, estupidamente bem regada por tintol do Dão, e não por aquela zurrapa que se bebe lá pela Helvécia, para a próxima sexta-feira à noite.

 

O FC Porto aguarda assim pela decisão final, para preparar a resposta adequada ao castigo que lhe for imposto, por qualquer uma das queixas apresentadas, senão das duas.

 

Contudo, fonte oficial dos portistas afiançou que, caso o clube seja castigado pela infracção agora denunciada, não se espera que a pena a aplicar seja excessivamente severa, "até porque" - referiu a fonte, "poderemos sempre resolver o assunto na segunda mão em Manchester".

 

Enquanto se aguardam futuros desenvolvimentos, recomendamos a todos quantos se encontrem lá pelas Suiças, que, na sexta-feira à noite, evitem circular a pé nas zonas circundantes ao quartel-general da UEFA.


Nota: Todas as personagens e situações mencionadas neste texto, explicita ou implicitamente, são ficcionadas, com excepção, claro está, dos jogadores e do português do bar, inspirado nesse símbolo inimitável do garanhão lusitano, o Trê Bêços.     

sinto-me:
música: Black Hole Sun - Soungarden
publicado por Alex F às 22:43
link do post | comentar | favorito
|

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Quando uma coisa é uma co...

. O acordo necessário e a n...

. No limiar da perfeição

. In memoriam

. FC Porto 2016/2017 - Take...

. A quimera táctica do FC P...

. No news is bad news, (som...

. Poker de candidatos

. A anormalidade normal

. Ser ou não ser, um apelo ...

.Facebook

.Let's tweet again!

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds