Segunda-feira, 18 de Maio de 2015

O Oráculo de Alexandrini

Deixemos por momentos o passado para adiante, e debrucemo-nos sobre o futuro, que se quer de regresso ao passado.

 

Com campeão encontrado, a La Liga espanhola termina no próximo fim-de-semana.

 

Sem liga e fora da Champions, Carlo Ancelotti, qual ET, não deverá demorar muito tempo a fazer as malas de regresso a casa com o objectivo de, sob nova gerência, fazer ressurgir das cinzas o AC Milan.

 

A subscrição obrigacionista dos 40 milhões termina quinta-feira, e a Liga NOS, como a espanhola, também no próximo fim-de-semana. Portanto, se a semana que agora começa poderia ser decisiva para potenciais investidores, se de um investimento racional se tratasse, a próxima sê-lo-á para quem não tem o que festejar.

 

Lopetegui vai receber uma oferta, daquelas irrecusáveis e, apesar de estar muy a gusto entre nós, irrecusável é irrecusável. Tem pena, mas…

 

Relutantemente, a SAD irá deixá-lo sair. Há oportunidades que só surgem uma vez na vida, e não se cortam as pernas a um homem perante uma proposta de grande clube europeu e mundial.

 

Além disso, não sei de quanto é a cláusula de rescisão do contrato/projecto de três anos, mas deve ser valente. Logo, financeiramente torna-se satisfatório. Parece que nos dias que correm é o que conta: acrescentar milhões aos milhões da Liga dos Campeões e da valorização dos jogadores.

 

O interesse de um grande clube só vem atestar do acerto da ousada aposta feita no treinador, e confirmar, como se fizesse falta, o descrédito total desta liga do #colinho.

 

Ao técnico do campeão, a esse ninguém lhe pega, como se tivesse sarna. Vai continuar por cá, coberto pelo seu manto de conforto, e a ser na sua cabeça o melhor treinador do Mundo. Acaba por ser o do segundo classificado, quem recebe um convite para mais altos voos. Irónico, no mínimo.

 

Para o lugar de Lopetegui, virá outro alguém, que uma vez mais, e na linha dos anteriores, será, ou mais uma grande aposta da SAD, ou uma aposta pessoal do presidente.

 

A diferença entre uma e outra, ainda está para ser descoberta, como o ovo e a galinha. E tudo começa de novo.

 

Aqui há tempos, apostei em Nuno Espirito Santo, que tendo feito escala em Valência, não teria contra si o estigma Rio Ave, e as recordações que traria do Paulo Fonseca, vindo directamente do Paços de Ferreira.

 

Continuo a achá-lo bastante plausível.

 

Estas são as previsões do que irá acontecer na próxima semana, de acordo com o Oráculo de Alexandrini.

 

Se tudo isto se confirmar, ou, vá lá, não exageremos, uma parte considerável, duas coisas garanto qua irão acontecer:

 

Primeira, na semana seguinte, garanto que divulgo a chave completa do Euromilhões.

 

Segunda, vão continuar a fazer flores por aí, uma série de indivíduos, agora muito chateados, mas que preferem manter as cabeças enfiadas nos traseiros uns dos outros, em vez de lhes darem uso para pensar, e tentar compreender o que é que aconteceu na temporada que acabou de lhes passar pelo outro lado.

 

Separados.jpg

 Separados à nascença?

publicado por Alex F às 13:47
link do post | comentar | favorito
|

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Quando uma coisa é uma co...

. O acordo necessário e a n...

. No limiar da perfeição

. In memoriam

. FC Porto 2016/2017 - Take...

. A quimera táctica do FC P...

. No news is bad news, (som...

. Poker de candidatos

. A anormalidade normal

. Ser ou não ser, um apelo ...

.Facebook

.Let's tweet again!

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds