Segunda-feira, 28 de Outubro de 2013

Reptilia

Ontem, num momento raríssimo, e que dificilmente se repetirá, por certo, estive de acordo com o João Gobern.

 

É verdade. Tenho de admiti-lo. Falava-se sobre os incidentes no exterior do Dragão e, sem ouvir o resto da conversa, que imagino, tratando-se do Gobern, tenha discorrido sobre os culpados do costume, ouvi-o a sugerir que aquelas imagens deviam figurar numa rubrica, que julgo ser do "Eurosport", e que se chama qualquer coisa como "Sem comentários".

 

Sem ver grande coisa das imagens, tive de concordar com ele. Violência daquele género é inadmissível seja onde fôr, e da parte de quem quer que seja. Se passar as filmagens no "Eurosport" servir para alguém pensar um bocado sobre aquela tristeza, apenas direi: "força, têm o meu apoio".

 

Hoje, depois de ver na SICN e na CMTv, o que se terá passado, tenho a dizer que, ainda era miúdo, e aprendi com um tio-avô meu, que não devemos maltratar lagartos, lagartixas, osgas e camaleões. Ainda que causem repulsa, e não seja capaz de tocar-lhes às boas - ao contrário de um dos meus filhos, que faz festinhas a tudo o que é bicharoco - reconheço que nos são muitos úteis, e ajudam a dar cabo de insectos e bicharada indesejável.

 

Não me passaria por isso, pela cabeça, fazer-lhes mal, e choca-me quando vejo alguém a fazê-lo.

 

No entanto, tenho de abrir uma excepção. Faço-o apenas porque vi ali um padrão de comportamento que acho preocupante.

 

 

 

No fundo, aquele grupo rapazes de preto vestidos, bem comportados, que por ali deambulava nas imediações do Dragão, a fazer não se sabe bem o quê, e que, quando se viu encurralado, acabou por se refugiar junto dos seguranças ou no próprio estádio, mais não fez do que um certo puto queque, que anda, há tempos e tempos, a tentar incendiar qualquer coisa, para depois, nem ter coragem de ir para a bancada ou para a tribuna, refugiando-se no lugar mais seguro do Dragão: o banco de suplentes.

 

E aqui abro a excepção. Parte daquelas pedradas e bordoadas perderam-se em destinatários incertos, deixando de fora o pirómano amador, que grandemente as poderá ter motivado. Foi pena.

 

Quanto ao Gobern, se aquelas imagens merecem destaque no "Sem comentários", as de um treinador de joelhos, engalfinhado com um polícia, ou de um árbitro, a cair redondo no chão, depois de levar uma cabeçada de um energúmeno qualquer, deveriam aparecer onde?

 

No "Watts"?

 

 

 

sinto-me: Reptilia - The Strokes
publicado por Alex F às 23:44
link do post | comentar | favorito
|

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Reptilia

.Facebook

.Let's tweet again!

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds