Sábado, 28 de Janeiro de 2017

No limiar da perfeição

Ouvi o Nuno dizer, salvo erro, na flash interview, que o Estoril tinha conseguido congestionar o centro do terreno.

 

Contudo, olho para a equipa do FC Porto, e vejo que os extremos ficaram fora do onze inicial.

 

Disse ainda o Nuno, que na primeira parte, o jogo foi nosso, que não deixámos o Estoril jogar. Sim, é verdade.

 

No entanto, o nosso primeiro remate no jogo foi já na segunda parte.

 

O Nuno diz ainda que gostou do jogo, sinceramente, e que ficou satisfeito com o resultado  e orgulhoso com a conquista dos três pontos.

 

Ou seja, aparentemente, tudo terá corrido dentro do planeado para este jogo, e se é assim, all's well that ends well.

 

Obviamente que não. Uma equipa que quer ser campeã não pode ficar satisfeita por condicionar o jogo do Estoril-Praia. Sem desprimor para este, que não tem culpa.

 

Uma equipa que quer ser campeã não pode rematar pela primeira vez à baliza aos 50 minutos. Se antes o que falhava era a eficácia, mas, tudo bem, criamos muitas oportunidades, hoje, onde é que elas estiveram?

 

Esteve tudo bem? Uma substituição ainda na primeira parte, faz-me duvidar disso.

 

A forma como a equipa melhorou - sim, apesar de tudo, acho que melhorou - de produção quando começou a jogar com dois extremos e apenas dois homens no miolo, leva-me a crer que nem tudo esteve bem até aí.

 

Mas porquê colocar uma multidão no centro do terreno, quando já se viu que qualquer um dos três: Óliver, André André ou até o Herrera, a fazer dupla com o Danilo, rendem muito mais, e a equipa com extremos ganha dimensão ofensiva, em largura e na profundidade, que pese embora a boa vontade do Alex Telles, os laterais não lhe dão?

 

É a idéia, e permanecemos idioticamente agarrados à idéia. Mas se o Nuno diz que está tudo bem, e gosta, e fica satisfeito, e sente-se orgulhoso... que seja!

 

Siga a rusga.

 

Só é pena o desperdício, porque estes jogadores mereciam mais. Até o Herrera.

 

Para não falar na dor de alma que dá ver o André Silva, desde que o Otávio se lesionou, andar por ali, e não haver ninguém capaz de levantar os cornos, e passar-lhe uma bola decente.

 

É pena, mas se está bem...

 

Areiapaolhos.jpg

 

publicado por Alex F às 23:05
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 22 de Dezembro de 2015

Ser ou não ser, um ap...

Li por aí em vários sitios, que no último jogo o FC Porto teve finalmente, uma entrada à Porto. Determinado, dinâmico, ...

Ler artigo
publicado por Alex F às 00:08
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 5 de Dezembro de 2015

Quando menos, é mais

Na minha opinião, e friso, na minha opinião, os melhores momentos do FC Porto na temporada passada, aconteceram, quando...

Ler artigo
publicado por Alex F às 23:50
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 1 de Dezembro de 2015

Tiros que saem pela c...

O FC Porto joga amanhã na Madeira. Pelo menos a previsão meteorológica assim o parece permitir. No sábado a seguir rec...

Ler artigo
publicado por Alex F às 23:41
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Setembro de 2015

Às portas do nirvana

Como dizia aquela música brasileira, "tudo está no seu lugar". À histeria do André André seguiu-se a do resultado d...

Ler artigo
publicado por Alex F às 00:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2015

Concatena, filho, con...

O Layún deu o mote, quando disse que "os clássicos não se jogam, ganham-se". Valha a verdade que este clássico foi ...

Ler artigo
publicado por Alex F às 08:35
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 31 de Agosto de 2015

Lopeteguicamente corr...

Julen Lopetegui resolveu dar uma abébia aos seus inúmeros ilustres "colegas" de bancada e de sofá, e não só retirou H...

Ler artigo
publicado por Alex F às 23:31
link do post | comentar | favorito
|

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. No limiar da perfeição

. Ser ou não ser, um apelo ...

. Quando menos, é mais

. Tiros que saem pela culat...

. Às portas do nirvana

. Concatena, filho, concate...

. Lopeteguicamente correcto

. Demolições Danilo, Herrer...

. Uma estranha sensação de ...

. O que é que poderá correr...

.Facebook

.Let's tweet again!

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds