Sexta-feira, 14 de Novembro de 2014

Mendes' World, algures no ano 2016

Ainda amargurado e sem digerir a troca no defeso do sidekick perfeito, di Maria, por James Rodriguez, depois de nova manifestação pública de apreço de Ancelotti por Toni Kroos, com culpas no cartório para Miguel Lourenço Pereira, subitamente, Cristiano Ronaldo sente-se triste, e Florentino Pérez põe os patins ao treinador italiano.

 

17570220_iMLtZ.jpeg

Nem a Champions, o título espanhol e a Taça do Rei chegaram para salvar-lhe a pele.

 

Para o seu lugar surge Julen Lopetegui, recente campeão em título português e semi-finalista derrotado pelo Real Madrid na Liga dos Campeões, que põe assim abruptamente, fim a um projecto a três anos, após um final dramático de campeonato.

 

A derradeira jornada da prova viria a revelar-se decisiva com os dragões e o clube mais grande dos arredores de Carnide a alcançá-la em igualdade pontual.

 

O FC Porto derrota o Penafiel, depois de entrar a perder, com o golo adversário a ser apontado numa assistência de Herrera, em passe ao bom estilo de Secretário. Jackson Martinez empata, através de uma grande-penalidade assinalada por Artur Soares Dias, por falta cometida sobre Adrián Lopez.

 

O tento da vitória e do título, viria a ser obtido por Ricardo Quaresma, de livre directo, já em período de descontos.

 

O mais directo concorrente na luta pelo ceptro de campeão, acaba derrotado nos Barreiros, com um golo de Talisca na própria baliza.

 

Coincidindo com o términus do projecto de Peter Lim em Valência, o sucessor de Lopetegui é Nuno Espiríto Santo, que assim regressa ao Porto depois de ter sido terceiro classificado da La Liga, logo atrás de Real Madrid e Barcelona, e vem finalmente dar alguma substância à hashtag #SomosPorto.

 

O magnata de Singapura abandona Espanha e instala-se na capital lusa, trazendo consigo na bagagem Rodrigo, André Gomes, João Cancelo, Ivan Cavaleiro, Bernardo da Silva e Enzo Pérez, cuja estadia em Mestalla, não foi além de seis meses.

 

Fica assim cumprida a profecia do indivíduo das orelhas protuberantes, de que aqueles jogadores, que haviam saído por empréstimo, um dia regressariam ao seu clube.

 

Fazendo jus ao nome do seu novo proprietário, o clube passa a ser vulgarmente conhecido por Sport Limsboa e vocês sabem o resto.

 

Quem acaba por não beneficiar desta lufada de ar fresco, é o pateta platinado que orientava a equipa. Tão tradicionalmente habituado a morrer na praia, quando em confronto com o FC Porto, como a ser beneficiado por erros de arbitragem nos seus jogos, não consegue resistir a um terceiro lugar, atrás do Vitória de Guimarães de Rui Vitória, que, seguindo à última jornada a dois pontos dos líderes, derrota em Coimbra a Académica.

 

Comovido, o pateta platinado despede-se eloquentemente, como é seu apanágio: "Atão prantes, é assim: sou muita bom, mas fui!"

 

Seguindo na onda das profecias que se realizam, como nos contos de fadas, o seu substituto é Paulo Fonseca, que por sua vez, profetizara que um dia ainda voltaria a treinar um clube grande. Cumpre desse modo o seu sonho inconfessado de menino e, como bónus, segue as pisadas do seu grande ídolo. Um três em um.

 

É este o Mundo de Mendes, Jorge, algures em 2016, ano da graça dele próprio.

 

Rói-te Nostradamus!

 

publicado por Alex F às 00:21
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 6 de Março de 2014

Subsídios a fundo per...

Não sou crente. Embora ache que entendo o conceito de fé, por muito que me esforce, nunca o consegui atingir, e duvido q...

Ler artigo
sinto-me:
música: Asas (Eléctricas) - GNR
publicado por Alex F às 13:31
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 5 de Março de 2014

E se se xaringassem n...

A fantochada começou com o Helton. No domingo, vi com os meus próprios olhos, e ouvi pelos meus ouvidos, o Abdoulaye ...

Ler artigo
sinto-me:
música: Walk like a man - Divine
publicado por Alex F às 13:32
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 25 de Fevereiro de 2014

A insustentável irrev...

Bem, agora chega. Um princípio de gripe – afinal, parece que estava mesmo a chocar alguma. Os cabrõezinhos dos bicharoco...

Ler artigo
sinto-me:
música: Separate lives - Phill Collins ft. Marilyn Martin
publicado por Alex F às 19:42
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2014

A nossa época, em dua...

“Lasciate ogni speranza, voi ch’intrate” (Inferno, Dante Alighieri) Devia aplicar-se aos adversários que entram...

Ler artigo
sinto-me:
música: Bitter Suite - Marillion
publicado por Alex F às 13:21
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2014

Sim, sinto-me estupid...

Antes de mais, quero manifestar o meu mais profundo apreço e sincera admiração pelos que que vêem e persistem em ver o c...

Ler artigo
sinto-me:
música: I believe I can fly - R. Kelly
publicado por Alex F às 13:19
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 4 de Fevereiro de 2014

A verdade nua e crua

Vamos disputar amanhã com o Estoril-Praia, a passagem às meias-finais da Taça de Portugal. Na temporada passada fomos el...

Ler artigo
sinto-me:
música: Wrecking ball - Miley Cyrus
publicado por Alex F às 23:12
link do post | comentar | favorito
|

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Mendes' World, algures no...

. Subsídios a fundo perdido...

. E se se xaringassem nas p...

. A insustentável irrevogab...

. A nossa época, em duas fr...

. Sim, sinto-me estupidamen...

. A verdade nua e crua

. O kama sutra táctico de P...

. Siga o "freak show"!

.Facebook

.Let's tweet again!

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds