Sexta-feira, 30 de Abril de 2010

On fire! (alterado em 30.04.2010)

Para a NASA (e não só), é bastante viável a teoria que sustenta a hipótese de que as alterações climáticas contribuem para o aumento da actividade sísmica, uma vez que o degelo das calotes polares alivia o peso que estas exercem sobre as placas tectónicas.

 

Além disso, também contribuirão para o aumento da actividade vulcânica, por via da diminuição do peso que exercem sobre o magma (a ver aqui, aqui, aqui, aqui ou aqui).

   

Entre nós, o Dr. Mário Soares, que [n]ão [é] cientista nem [tem] conhecimentos bastantes para poder ser ouvido e responder. [Limita-se] a pôr a questão”:

 

“Será que a mão inconsciente e desastrada do homem, que agride e maltrata o planeta e compromete os seus equilíbrios naturais, não terá nestes factos a sua dose de responsabilidade?”

 

O capitão do Sporting, João Moutinho, após a derrota do seu clube no último jogo dos de Alvalade contra o Benfica, na Cesta do Pão, disse, para quem o quis ouvir, que "[o] Benfica venceu num campo inclinado". 

  

Esta época, há de facto por aí uns senhores que parece que exercem uma influência maior sobre a inclinação de certos campos de futebol, do que o aquecimento global e o degelo das calotes polares sobre as actividades sísmica e vulcânica: 

 

 

 

E aqui, não há a menor dúvida de que é “a mão (…) do homem, que agride e maltrata (…) e compromete os seus equilíbrios naturais”. Resta saber é se essa mão será mesmo “inconsciente”, ou somente “desastrada”…

 


Nota: foi lançada, no último “Trio d’Ataque”, uma votação para saber quem seria o melhor árbitro para o FC Porto x Benfica, do próximo fim-de-semana.

 

Os árbitros de entre os quais o escolhido sairia, foram: Bruno Paixão, Pedro Proença, Olegário Benquerença, Jorge Sousa e Artur Soares Dias. E, se bem me lembro, a ordem dos eleitos foi precisamente aquela pela qual acima são mencionados. 

 

A votação deve ter sido feita, maioritariamente, por benfiquistas, porque o Bruno Paixão, foi o mais votado. Pudera! Um anti-portista declarado… Dava sempre jeito. 

 

O Pedro Proença tem dias. Tanto erra para um lado, como para o outro, ainda que, ao que consta, seja benfiquista. É demasiado auto-convencido para se deixar influenciar por isso, e quando erra, é mesmo porque é o maior…

 

Já lá vão os tempos em que o Olegário dava o benefício da dúvida ao FC Porto. Esta época fica assinalada pelo golo limpo anulado ao FC Porto, no jogo com o Belenenses, e pelo cartão amarelo ao Luisão, no lance da(s) agressão(ões) ao Salino, no jogo com o Nacional da Madeira para a Taça da Liga. Talvez também fosse uma boa escolha para o lado vermelho. 

 

O Jorge Sousa, apesar de ter dado a vitória ao Benfica, em Leiria, continua a ser tido como francamente portista, e tem sobre o peso as costas dos jogos dos encarnados em Braga e a final da Taça da Liga. De certeza que não vai ser o escolhido.

  

O Artur Soares Dias, também ele benfiquista, não foi sequer votado. Ainda está fresco na memória a sua memorável exibição no jogo entre o SC Braga e o Vitória minhoto… 

 

Venha o diabo (mas não o vermelho, nem o do “calduço”!) e escolha!

 

Como alguém disse um dia: “Isto está tudo para nos f…!”. 

 

Estranhamente, o João Ferreira não entrou nos Cinco Notáveis, propostos para o jogo do Dragão.

 

Aliás, depois do Lucílio Baptista contra o Olhanense, acho que para completar a trilogia de jogos benfiquistas, no encerramento desta Liga Pescada, só faltam mesmo o Olegário e o João Ferreira. 

 

Como o Olegário vem motivado por uma boa exibição, em que teve a coragem suficiente para eliminar o Barcelona, aposto nele para o Dragão, e “pode vir o João” Ferreira, para fecho de conversa com o Rio Ave.

 

Daqui a pouco saberemos… 

 

Nota2 (em 30.04.3010): Bingo! Temos o Olegário no Dragão

 

E, lá está, como é que me fui esquecer do jogo do Braga? Obviamente que lá vai o João Ferreira. Sempre faz o aquecimento para o Rio Ave, não se vá dar o caso de fazer falta...

 

  

 

  

 

Nota3 (em 30.04.2010): Apesar de o texto inicial ter sido publicado às 12.45, de ontem, ou seja, poucos minutos após a notícia da nomeação do Olegário Benquerença ter aparecido so SAPO, garanto que não fiz batota!

 

O texto já estava mesmo escrito antes disso, só que, por uma questão logística, optei por programar a sua publicação para aquela hora.

 

Até porque, normalmente, os comunicados da Liga sobre as nomeações, só saem na parte da tarde de quinta-feira. Desta vez fintaram-me...

sinto-me:
música: Some like it hot - The Power Station
publicado por Alex F às 13:00
link do post | comentar | favorito

.Outubro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Coisas diferentes, talvez...

. O efeito Mendes

. Quando uma coisa é uma co...

. O acordo necessário e a n...

. No limiar da perfeição

. In memoriam

. FC Porto 2016/2017 - Take...

. A quimera táctica do FC P...

. No news is bad news, (som...

. Poker de candidatos

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds