Sábado, 19 de Março de 2011

Fim de estação

Bem, para este fim-de-semana (que se estende até segunda-feira) não temos nada de muito extraordinário. Começa a ser usual.

 

Hugo Miguel, no SC Braga x Rio Ave, Rui Costa, no Sporting x União de Leiria, André Gralha, no FC Porto x Académica, e Artur Soares Dias, na recepção ao mais grande do Mundo dos arredores de Carnide, na capital do móvel.

 

Hugo Miguel, Rui Costa e André Gralha fazem o seu quarto jogo envolvendo os primeiros quatro classificados da temporada passada. Juntam-se assim a outros doze árbitros que detinham já essa marca. Aliás, dos vinte juízes que actuaram em jogos dessas equipas, dezasseis fizeram-no por quatro ou mais vezes.

 

Para o Hugo Miguel, vai ser a segunda vez que dirige o SC Braga, depois de ter estado no Funchal, no jogo com o Marítimo. De resto, esteve também nos jogos das papoilas contra o Portimonense, no Algarve, e na Cesta do Pão, com o Rio Ave.

 

Curiosamente, na época passada também marcou presença em quatro jogos, mas três do FC Porto e um do Sporting. Esta temporada estreou-se com as equipas de vermelho, e tomou-lhe o gosto. Ou alguém tomou por si…

 

Rui Costa vai para o terceiro jogo com os sportinguistas, depois de Nacional da Madeira (em casa) e Portimonense (fora). Com os madeirenses também esteve na Cesta do Pão.

 

É outro que lhe tomou o gosto. Na Liga anterior sempre foi mais variado. Também fez quatro jogos, dois do Sporting, um do FC Porto e um do SC Braga.

 

De época para época vão rodando as equipas que dirigem, e as que não.

 

Para o André Gralha, esta jornada marca a estreia em jogos do FC Porto. Esteve em Alvalade por duas vezes (Olhanense e Vitória de Guimarães), numa delas por acidente (lesão de Elmano Santos, no Sporting x Vitória de Guimarães), e, acidentalmente, confundiu a bola com as luvas do Nilson.

 

Helton, nada de luvas brancas (ou da cor da bola, se não for branca!).

 

O internacional Artur Soares Dias, no jogo de Paços de Ferreira. É o nono jogo que vai dirigir com a participação de alguma das equipas grandes e mais grandes do nosso futebol.

 

Será o terceiro jogo do Paços de Ferreira que vai ajuizar, depois das recepções ao Sporting e ao FC Porto. Cada vez que vai um grande ou mais grande, à capital do móvel, lá está o Soares Dias.

 

É o segundo jogo das papoilas que dirige, pois esteve em Alvalade. O que dizer? É um internacional, num jogo entre o segundo classificado, que já não está em prova, e o quarto classificado.

 

Para além disso, o trabalho de sapa fê-lo o Marco Ferreira, em Aveiro, onde arrumou três centro-campistas castores: o Leonel Olímpio (vermelho directo), e o André Leão e o David Simão (por acumulação de amarelos).

 

Com estas nomeações e as da semana passada, Cosme Machado, Paulo Baptista, André Gralha e Artur Soares Dias, estão fora do dérbi da 25.º ronda. Aposto no Pedro Proença.

sinto-me:
música: Yellow - Coldplay
publicado por Alex F às 14:06
link do post | comentar | favorito

.Julho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O efeito Mendes

. Quando uma coisa é uma co...

. O acordo necessário e a n...

. No limiar da perfeição

. In memoriam

. FC Porto 2016/2017 - Take...

. A quimera táctica do FC P...

. No news is bad news, (som...

. Poker de candidatos

. A anormalidade normal

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds