De Pedro a 19 de Novembro de 2014 às 17:40
é pá,

deixa ver:
- o paulinho fez aquela fita jogando contra o porto???

fonix, custa assim tanto aceitar que o tozé foi um puto nojento, pró lampionico mesmo, no lance com o indi (e só falo deste lance)?
De Alex F a 19 de Novembro de 2014 às 22:17
Antes de mais, obrigado Pedro por se ter dado ao trabalho de dizer de sua justiça.

Depreendo portanto, que a questão tem mais a ver com o facto de o caso se ter passado com o FC Porto.

Pois bem, quanto a mim, naquela ocasião o Tozé foi apenas pragmático e profissional.

Fez o que tinha a fazer no momento e fê-lo em benefício do emblema que representa. Tal como o Paulinho Santos. Não foi bonito? Pois não, mas às vezes o fairplay é uma treta!

Se tivesse procedido de outra forma, como o Eusébio, o Jorge Ribeiro ou o Makukula, que tanto criticámos pelos seus comportamentos quando defrontaram o seu anterior ou futuro clube, então estaríamos perante um mau profissional.

Maus profissionais e portistas, é que é coisa que me custa a aceitar.

Obrigado, uma vez mais.
De Alex F a 19 de Novembro de 2014 às 22:19
Quero dizer maus profissionais e, simultaneamente portistas, ou seja, compatibilizar ambos.

Dá para perceber? Espero que sim.
De Pedro a 20 de Novembro de 2014 às 10:03
Vamos lá ver:

- o tozé foi um mau profissional nesse lance (e volto a frisar nesse, pois no penalty houve quem participasse com ele no lance), pois foi totalmente desleal. PONTO.

- Do Paulinho Santos não me ouviu dizer que fez bem ou mal, e sim obviamente que após ver a fita, foi algo que não me orgulha, mas tenho para mim que pegar num lance de há 15 anos para justificar um ato de merda de um jogador do qual o clube tem 65% e que se saiba sempre foi bem tratado, parece-me querer estar a justificar o injustificável.

- O Tozé só tinha que jogar, marcar o penalty, e respeitar toda a gente em campo, e a parte final não o fez....


Estar a defender neste ponto o Tozé, é coloca-lo ao nível de um gandhi e deitar por terra o sentimento de muito portista que se sentiu defraudado por ele ter sido desleal com o INDI

Teria piada ver as reação dos defensores do tozé (eu que passei 1 ano a ver jogos da B só por causa dele) se ele aos 40 minutos de jogo tivesse conseguido expulsar o INDI e por consequência nós não tivéssemos tido nenhum tipo de resultado positivo... seria um exercício interessante, mas eu até avanço um culpado nesse hipotético cenário: Seria a sad ou a administração ou o camandro, pois o tozé só está em campo porque o deixaram, ou porque o dispensaram para rodar, e estando em campo ele pode ser o palhaço que quiser ser, pois no passado já la tivemos muitos palhaços.... puff....

Portismo soft é o que hoje em dia muitos de nós sofrem....

Eu fã incondicional do tozé durante muito tempo, nesse momento fiquei com ele atravessado e nem cheguei a ter que opinar sobre penalties e outra cenas....

De Alex F a 20 de Novembro de 2014 às 13:59
Ah, então o Tozé foi mau profissional, ponto final.

É que do comentário inicial fiquei com a ideia de que a questão se prendia com o facto de ter acontecido o que aconteceu, precisamente contra o Porto.

Aí, estamos parcialmente de acordo. Também concordo que não foi um bom profissional, tal como o Paulinho Santos, cujo exemplo trouxe à colação, não para justificar o que quer que fosse, mas apenas para isso, exemplificar.

E exemplificar que, para mim, o comportamento do Tozé, não sendo de um profissionalismo exemplar, dentro da lógica do que é o fairplay nos dias que correm, não é uma prova inequívoca de maior ou menor portismo, e acima de tudo, do ponto de vista profissional, para mim, volto a frisar, foi menos grave do que se tivesse alterado o seu comportamento, apenas porque jogava contra nós, como os outros que indiquei fizeram.

Quanto ao portismo soft ou hard, ou meio cá, meio lá, tenho alguma dificuldade em aplicar uma escala para medi-lo, portanto, não o faço comigo, mas principalmente com os outros.

Cumprimentos
De Pedro a 20 de Novembro de 2014 às 15:09
Não foi mau profissional, foi um puto nojento ressabiado no lance com o INDI.

e claro que só o discuto porque sou portista, porque foi contra o clube que lhe paga, e não gosto de dar a outra face, em estar permanentemente com meias medidas....

Não querer ver o lance da simulação do tozé com o INDI, e não o censurar, é para mim portismo soft...

Porque é que será que o nosso grande RUI BARROS, e repito RUI BARROS, se envolveu nas bocas que foram mandadas ao tozé??? Porque é que nós portistas não tomamos o lado do Rui Barros????

Porque hoje em dia o portismo soft está instalado, porque temos portistas que se indignam com uma noticia de merda do record que fala em apertos, mas não se indignam com um jogador que ainda é nosso, no qual o clube ainda acredita, e que fez o que fez contra nós..

Pergunta: Porque é que não se fizeram posts com esse lance do Tozé sobre um dos que hoje em dia nos defende (INDI) e se fizeram post só a discutir se ele foi bom ou mau profissional. Eu volto a repetir, ele foi um grande profisisonal durante 95% do jogo que o seu clube o deixou disputar, e em 5% do jogo borrou totalmente a pintura e perdeu claramente (pelo menos) 1 apoiante.

De Alex F a 20 de Novembro de 2014 às 22:14
Que quer que lhe diga Pedro?

Que o seu portismo hard me parece ter bastantes semelhanças com os exemplos de benfiquismo que enunciei?

Que sendo assim, prefiro de caras aquilo que chama de portismo soft?

Penso que já percebi o seu ponto de vista, e acho que também já terá percebido o meu.

Agradeço-lhe a sugestão do Indi como tema para um próximo post, e em vez de lançar mais questões, deixo-lhe também uma sugestão tipo "faça você mesmo":

Porque é que não se dedica você mesmo a escrever sobre os temas que acha pertinentes, em vez de esperar que outros o façam.
De Pedro a 21 de Novembro de 2014 às 10:55
Alexandre,

Não necessita ficar na defensiva....

Julgo que tem um blog com a caixa de comentários aberta, correto?

Se é para evangelizar e pregar a sua palavra, fecha a caixa, é muito simples e deixa de ter de aturar portistas como eu.

Eu estou a escrever sobre os temas pertinentes, não me tem lido o que lhe tenho escrito aqui no seu blog? Julgo que o exercício que faço é o mesmo.

Já agora, se quiser pode-me explicar como o meu portismo hard se identifica com os exemplos de benfiquismo?

E já agora, podia partilhar a sua opinião sobre o lance do Toze´(jogador do FCP) que num jogo contra o FCP, que o FCP o deixou jogar, em quem o FCP ainda acredita, fez com o INDI, jogador atual do FCP.

Volto-lhe a fazer a pergunta: Se o Tozé conseguisse ter explulso o INDI, ainda tinha feito este post sobre a sua defesa, ou ai a temática do post seria outra?
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres