Quarta-feira, 19 de Novembro de 2014

Só para ter a certeza…

Afinal, o Tozé é menos portista porque simulou uma falta e tentou sacar um amarelo ao adversário, ou porque o fez naquela jogada com o Martins Indi, e contra o FC Porto?

 

É que eu lembro-me do Paulinho Santos a sair do relvado estendido na maca, e a fazer o sinal de OK (infelizmente, não consegui localizar na net a imagem alusiva. Se alguém quiser fazer o favor, esteja à vontade).

 

Alguém vai querer pôr em causa o portismo do Paulinho Santos? E não se preocupem com a resposta que derem, que, quase de certeza, ele não lê este blog.

 

Agora, vamos lá por imagens.

 

Se quisessem escolher uma imagem que simbolizasse a mística do FC Porto, a superação de si próprios, o pensar no outro como em si mesmo, a luta aguerrida até ao último instante, o Ser Porto, o sentir a chama azul e branca no sangue, o pulsar do fogo da determinação e da garra nas veias, o fazer do impossível o possível, do ganhar e crescer independentemente de quem está do contra, do outro lado, a congeminar na sombra (descrição de mística do FC Porto, do Ser Porto, ou do portismo, como quiserem, retirada, com a devida vénia, do blog Porto Universal), qual das imagens escolhiam?

 

Esta, onde estes senhores festejam no encerramento do nosso pior campeonato dos últimos 30 anos, uma vitória no Dragão sobre o já campeão nacional, que viria a conquistar também as Taças de Portugal e da Liga:

 

10255121_655234137878877_3689579725972271875_n

 

Ou esta, onde um Senhor chora após a conquista de um hexa, sim hexacampeonato de andebol?

 

João Pinto Hexa

 

Eu tenho a minha resposta, não deixem que a maiúscula em “senhor” os influencie na Vossa.

 

Voltarei a este assunto, dependendo das respostas, se as houver.

publicado por Alex F às 13:42
link do post | comentar | favorito
13 comentários:
De Pedro a 21 de Novembro de 2014 às 14:53

"Ou seja, se tivesse feito o mesmo que os jogadores que citei, e que, posso estar enganado, mas foi o que me pareceu estar a defender."
Totalmente ao lado essa sua interpretação....

Fdx Alexandre está pró dificil....

Quando é que eu sequer falei do Tozé no lance do penalty?

Quando é que disse que ele simulou, ou que ele deveria ter falhado o penalty....

Já percebi que para si uma simulação de um jogador do FCP quando joga com o FCP, só é algo passivel de censura porque:

- Arbitro foi iludido (o problema não é quem ilude, e muito menos esse que ilude ser jogador do nosso clube)
- o tempo (as condições propiciaram que o tozé escorregasse ao passar pelo indi e entrou-lhe um pedaço de relva no olho, dai ele se ter agarrado À cara e ter feito com que o jogo fosse interrompido para uma equipa de cirurgioes lhe retirarem com uma pinça esse pedaço de relva)
- a comunicação social, pois ela tem um papel preponderante na construção de uma ideia contra o FCP, a que o arbitro acedeu, e o tozé em 3ª instancia desempenhou o papel de mensageiro...
- As naçoes unidas, pois não estão a fazer o suficiente por proteger os direitos das crianças
- UE porque permite lies bosman’s e com isso impede que os tozés desta vida nãop joguem pelo fcp, mas o possam fazer contra o fcp...
- o fair play ....

Hiperbolizei, e estupidifiquei, obviamente, e não me leve a mal, mas a minha questão com o tozé é muito simples:
- os portistas acham que ele esteve bem quando tentou expulsar sem nenhum tipo de razão o INDI???

É só esta a questão que eu tenho com o tozé, e posso estar a ser muito radical, mas acho que a acção que ele teve define uma parte relevante do seu carater, e por isso correndo o risco de estar errado, em mim não terá um apoiante quando e se regressar ao fcp. Não terá um detrator, mas apoiante seguramente não terá pelo menos enquanto não me provar que estou redondamente errado e que o que ele fez com o indi foi algo que não se repete....
Não me parece que seja uma pergunta dubia, e é somente este o ponto que discuto, nem sequer quero saber de makukulas e jorges ribeiros....
De Alex F a 21 de Novembro de 2014 às 17:18
Mas eu também não estou a falar do lance do penálti. O lance de que falo é o da simulação sobre o Indi. Talvez não me tenha expressado convenientemente.

E, pelos vistos, o problema afinal não é ter ele ter feito que fez contra o FC Porto especificamente, mas tê-lo feito, pura e simplesmente. É o que depreendo da parte final do comentário, ou o "algo que não se repete" só se aplica aos jogos connosco?

Ele é jogador do FC Porto? A camisola dele era amarela, e não tinha riscas azuis. Mas isso é secundário.

Acho que apenas divergimos na graduação que atribuímos à falta. Para si, o que ele fez foi um crime de lesa carácter, contra o FC Porto ou contra qualquer outro.

Para mim, é uma falta que passa nas malhas do fairplay da treta, desde que seja feita igualmente contra o FC Porto ou contra outro clube qualquer.

Se fizer contra outros e não contra nós, apenas e porque apesar de não ser nosso jogador, tem um vínculo ao FCP, acho eu que isso é que será verdadeiramente censurável.

Comentar post

.Julho 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O efeito Mendes

. Quando uma coisa é uma co...

. O acordo necessário e a n...

. No limiar da perfeição

. In memoriam

. FC Porto 2016/2017 - Take...

. A quimera táctica do FC P...

. No news is bad news, (som...

. Poker de candidatos

. A anormalidade normal

.links

.tags

. todas as tags

.arquivos

.mais sobre mim

blogs SAPO

.subscrever feeds